domingo, 31 de dezembro de 2017

Festa da Sagrada Família - Homilia diária com padre José Raimundo

Jutay Reboucas     02:18     No comments


sábado, 30 de dezembro de 2017

HOMILIA DIÁRIA - PADRE JOSÉ RAIMUNDO

Jutay Reboucas     03:31     No comments

Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.


Naquele tempo, 2 36 havia também
uma profetisa chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser; era de idade avançada.
37 Depois de ter vivido sete anos com seu marido desde a sua virgindade, ficara viúva, e agora com oitenta e quatro anos não se apartava do templo, servindo a Deus noite e dia em jejuns e orações.
38 Chegando ela à mesma hora, louvava a Deus e falava de Jesus a todos aqueles que em Jerusalém esperavam a libertação.
39 Após terem observado tudo segundo a lei do Senhor, voltaram para a Galiléia, à sua cidade de Nazaré.
40 O menino ia crescendo e se fortificava: estava cheio de sabedoria, e a graça de Deus repousava nele.

Palavra da Salvação.


sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

HOMILIA DIÁRIA COM O PADRE JOSÉ RAIMUNDO - “Todo primogênito do sexo masculino será consagrado ao Senhor”

Jutay Reboucas     06:46     No comments

Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.


2 22 Concluídos os dias da sua purificação segundo a Lei de Moisés, levaram-no a Jerusalém para o apresentar ao Senhor,
23 conforme o que está escrito na lei do Senhor: “Todo primogênito do sexo masculino será consagrado ao Senhor”;
24 e para oferecerem o sacrifício prescrito pela lei do Senhor, um par de rolas ou dois pombinhos.
25 Ora, havia em Jerusalém um homem chamado Simeão. Este homem, justo e piedoso, esperava a consolação de Israel, e o Espírito Santo estava nele.
26 Fora-lhe revelado pelo Espírito Santo que não morreria sem primeiro ver o Cristo do Senhor.
27 Impelido pelo Espírito Santo, foi ao templo. E tendo os pais apresentado o menino Jesus, para cumprirem a respeito dele os preceitos da lei,
28 tomou-o em seus braços e louvou a Deus nestes termos:
29 “Agora, Senhor, deixai o vosso servo ir em paz, segundo a vossa palavra.
30 Porque os meus olhos viram a vossa salvação
31 que preparastes diante de todos os povos,
32 como luz para iluminar as nações, e para a glória de vosso povo de Israel”.
33 Seu pai e sua mãe estavam admirados das coisas que dele se diziam.
34 Simeão abençoou-os e disse a Maria, sua mãe: “Eis que este menino está destinado a ser uma causa de queda e de soerguimento para muitos homens em Israel, e a ser um sinal que provocará contradições,
35 a fim de serem revelados os pensamentos de muitos corações. E uma espada transpassará a tua alma”.


Palavra da Salvação.


quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Homilia diária Padre José Raimundo 28-12-2017

Jutay Reboucas     00:23     No comments

Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.


2 13 Depois que os magos partiram, um anjo do Senhor apareceu em sonhos a José e disse: "Levanta-te, toma o menino e sua mãe e foge para o Egito; fica lá até que eu te avise, porque Herodes vai procurar o menino para o matar".
14 José levantou-se durante a noite, tomou o menino e sua mãe e partiu para o Egito.
15 Ali permaneceu até a morte de Herodes para que se cumprisse o que o Senhor dissera pelo profeta: "Eu chamei do Egito meu filho".
16 Vendo, então, Herodes que tinha sido enganado pelos magos, ficou muito irado e mandou massacrar em Belém e nos seus arredores todos os meninos de dois anos para baixo, conforme o tempo exato que havia indagado dos magos.
17 Cumpriu-se, então, o que foi dito pelo profeta Jeremias:
18 "Em Ramá se ouviu uma voz, choro e grandes lamentos: é Raquel a chorar seus filhos; não quer consolação, porque já não existem!"


Palavra da Salvação.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Evangelho e Homilia diária com o Padre José Raimundo neste dia 27

Jutay Reboucas     01:52     No comments

Evangelho de Jesus Cristo segundo João.


20 2 Correu e foi dizer a Simão Pedro e ao outro discípulo a quem Jesus amava: "Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram!"
3 Saiu então Pedro com aquele outro discípulo, e foram ao sepulcro.
4 Corriam juntos, mas aquele outro discípulo correu mais depressa do que Pedro e chegou primeiro ao sepulcro.
5 Inclinou-se e viu ali os panos no chão, mas não entrou.
6 Chegou Simão Pedro que o seguia, entrou no sepulcro e viu os panos postos no chão.
7 Viu também o sudário que estivera sobre a cabeça de Jesus. Não estava, porém, com os panos, mas enrolado num lugar à parte.
8 Então entrou também o discípulo que havia chegado primeiro ao sepulcro. Viu e creu.


Palavra da Salvação.


terça-feira, 26 de dezembro de 2017

EVAGELHO E HOMILIA DIARIA COM O PADRE JOSÉ RAIMUNDO

Jutay Reboucas     03:34     No comments

Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.



Naquele tempo, 10 17 Disse Jesus: “Cuidai-vos dos homens. Eles vos levarão aos seus tribunais e açoitar-vos-ão com varas nas suas sinagogas.
18 Sereis por minha causa levados diante dos governadores e dos reis: servireis assim de testemunho para eles e para os pagãos.
19 Quando fordes presos, não vos preocupeis nem pela maneira com que haveis de falar, nem pelo que haveis de dizer: naquele momento ser-vos-á inspirado o que haveis de dizer.
20 Porque não sereis vós que falareis, mas é o Espírito de vosso Pai que falará em vós.
21 O irmão entregará seu irmão à morte. O pai, seu filho. Os filhos levantar-se-ão contra seus pais e os matarão.
22 Sereis odiados de todos por causa de meu nome, mas aquele que perseverar até o fim será salvo”.


Palavra da Salvação.

Oração do Dia
Ó Deus, que admiravelmente criastes o ser humano e mais admiravelmente restabelecestes a sua dignidade, dai-nos participar da divindade do vosso Filho, que se dignou a assumir a nossa humanidade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.





domingo, 24 de dezembro de 2017

MENSAGEM DE NATAL DO BISPO EMERITO DOM JOÃO NILTON

Jutay Reboucas     02:25     No comments

sábado, 23 de dezembro de 2017

Homilia diária com Padre José Raimundo - Sábado

Jutay Reboucas     01:36     No comments

Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.


1 57 Completando-se para Isabel o tempo de dar à luz, teve um filho.
58 Os seus vizinhos e parentes souberam que o Senhor lhe manifestara a sua misericórdia, e congratulavam-se com ela.
59 No oitavo dia, foram circuncidar o menino e o queriam chamar pelo nome de seu pai, Zacarias.
60 Mas sua mãe interveio: "Não, disse ela, ele se chamará João".
61 Replicaram-lhe: "Não há ninguém na tua família que se chame por este nome".
62 E perguntavam por acenos ao seu pai como queria que se chamasse.
63 Ele, pedindo uma tabuinha, escreveu nela as palavras: "João é o seu nome". Todos ficaram pasmados.
64 E logo se lhe abriu a boca e soltou-se-lhe a língua e ele falou, bendizendo a Deus.
65 O temor apoderou-se de todos os seus vizinhos; o fato divulgou-se por todas as montanhas da Judéia.
66 Todos os que o ouviam conservavam-no no coração, dizendo: "Que será este menino?" Porque a mão do Senhor estava com ele.


Palavra da Salvação.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Homilia diária nesta Sexta-feira - Padre José Raimundo

Jutay Reboucas     01:53     No comments

Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.


Naqueles dias, 1 46 Maria disse: "Minha alma glorifica ao Senhor,
47 meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador,
48 porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações,
49 porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo.
50 Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem.
51 Manifestou o poder do seu braço: desconcertou os corações dos soberbos.
52 Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes.
53 Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos.
54 Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia,
55 conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e sua posteridade, para sempre".
56 Maria ficou com Isabel cerca de três meses. Depois voltou para casa.


Palavra da Salvação.





Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso. Nós vos louvamos, bendizemos e glorificamos pelo mistério da virgem Maria, mãe de Deus. Do antigo adversário nos veio a desgraça, mas do seio virginal da Filha de Sião germinou aquele que nos alimenta com o pão do céu e garante para todo o gênero humano a salvação e a paz. Em Maria, é-nos dada de novo a graça que por Eva tínhamos perdido. Em Maria, mãe de todos os seres humanos, a maternidade, livre do pecado e da morte, se abre para uma nova vida. Se grande era a nossa culpa, bem maior se apresenta a divina misericórdia em Jesus Cristo, nosso salvador. Por isso, enquanto esperamos sua chegada, unidos aos anjos e a todos os santos, cheios de esperança e alegria, nós vos louvamos, vantando (dizendo) a uma só voz...

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Homilia diária - Padre José Raimundo

Jutay Reboucas     01:56     No comments

Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.


1 39 Naqueles dias, Maria se levantou e foi às pressas às montanhas, a uma cidade de Judá.
40 Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel.
41 Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
42 E exclamou em alta voz: "Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.
43 Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?
44 Pois assim que a voz de tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria no meu seio.
45 Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas!"


Palavra da Salvação.


quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Meditação do Santo Evangelho - Padre José Raimundo

Jutay Reboucas     02:18     No comments

Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.


1 26 No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
27 a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi e o nome da virgem era Maria.
28 Entrando, o anjo disse-lhe: "Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo".
29 Perturbou-se ela com estas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação.
30 O anjo disse-lhe: "Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus.
31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus.
32 Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó,
33 e o seu reino não terá fim".
34 Maria perguntou ao anjo: "Como se fará isso, pois não conheço homem?"
35 Respondeu-lhe o anjo: "O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus.
36 Também Isabel, tua parenta, até ela concebeu um filho na sua velhice; e já está no sexto mês aquela que é tida por estéril,
37 porque a Deus nenhuma coisa é impossível".
38 Então disse Maria: "Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra". E o anjo afastou-se dela.


Palavra da Salvação.

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Ler e meditar a Bíblia

Jutay Reboucas     04:39     No comments

A Bíblia é a fonte de mensagens guiadas pela sabedoria e orientação de Deus

É preciso ter discernimento para ler, compreender e viver a mensagem da Bíblia. Não se deve levar tudo ao pé da letra.
O exemplo de Jesus vai muito além do que aparece na palavra escrita, pois seria muito estranho seguir a ordem dada por Jesus: “Se tua mão te escandaliza, corta-a”.

Ler a Palavra de Deus

Os católicos estão lendo, cada vez mais, a Palavra de Deus, e isso tem feito a diferença.
No dia a dia, somos bombardeados com mensagens bem pouco edificantes, as quais, geralmente, incentivam a violência, o egoísmo e a exploração do outro. Entretanto, podemos encontrar, na Bíblia, mensagens repletas de sabedoria, capazes de nos orientar, estimular sentimentos e ações que constroem uma vida de qualidade.
A leitura da Bíblia traz luz e direção ao projeto de vida de cada um, introduzindo, lentamente, na mentalidade do homem que a lê, um modo de pensar diferente da maioria das pessoas. Ele recebe mensagens novas, guiadas pela sabedoria e pela força de Deus.
Com o passar dos anos, a teologia cristã foi se afastando da Bíblia, mas, a partir do Concílio Vaticano II,no documento Dei Verbum, a Bíblia foi reconduzida ao centro da vida da Igreja.
O Documento de Aparecida também apresenta uma retomada dos textos bíblicos e está repleto deles.

Ordenação diaconal do Seminarista Jorge, Comunidade do Bom Jesus do Barro, Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Varzedo, 16/12/17

Jutay Reboucas     04:10     No comments









VOCÊ SABE QUAL A ORIGEM DO PRESÉPIO? DESCUBRA AQUI?

Jutay Reboucas     04:03     No comments


ORIGEM DO PRESÉPIO
Saiba qual a origem do presépio e o significado de cada personagem na cena que retrata o nascimento de Jesus
Montar um presépio em casa já é tradição entre as famílias católicas. É um gesto que ajuda a preparar a celebração do nascimento de Jesus, lembrado em cada Natal.
O presépio deve ser montado no 1º domingo do Advento e desmontado no dia 6 de janeiro, data em que a Igreja celebra a Solenidade da Epifania do Senhor.
O termo vem do latim Praesaepe, que significa estrebaria ou curral. A presença do Menino Jesus no estábulo demonstra a grandeza de Deus representada na fragilidade de uma criança.
Presépio começou a ser representado em 1223 por São Francisco de Assis / Foto: Daniel Mafra
Origem
Foi criado por São Francisco de Assis em 1223. Ele montou o primeiro presépio em uma gruta, na Itália. Na época, a Igreja não permitia a realização de representações litúrgicas nas paróquias, mas São Francisco pediu a dispensa da proibição, para relembrar ao povo a natividade de Jesus Cristo.
O objetivo de São Francisco era facilitar a compreensão do nascimento de Jesus.
No Brasil, a cena do presépio foi apresentada pela primeira vez aos índios e colonos portugueses em 1552, por iniciativa do padre José de Anchieta.
Cada figura do presépio tem sua importância:
Os animais
Representam a natureza a serviço do homem e de Deus. No nascimento de Jesus forneceram calor ao local e simbolizam a simplicidade do local onde Jesus quis nascer.
Pastores
Depois de Maria e José, os pastores foram os primeiros a saberem do nascimento do Salvador. Os pastores também simbolizam a humildade, pois naquele tempo a profissão de pastor era uma das menos reconhecidas.
O anjo
Representa o céu que celebra o nascimento de Jesus. É o mensageiro de Deus, comunicador da Boa Notícia. O anjo do presépio, normalmente, segura uma faixa com a frase: “Gloria in excelsis Deo”, que significa: Glória a Deus nas alturas.
Estrela
Simboliza a luz de Deus que guia ao encontro do Salvador e orientou os Reis Magos onde estava Jesus. É a indicação do caminho que se deve percorrer para encontrar o Menino Jesus.
Reis Magos
Belchior, Gaspar e Baltazar eram homens da ciência. Conheciam astronomia, medicina e matemática. Eles representam a ciência que vai até o Salvador e o reconhece como Deus. Segundo São João Paulo II, “a verdadeira ciência nos leva à fé”, pois nos revela a grandeza da criação.
Ouro, incenso e mirra
São os presentes que os magos oferecem ao Menino Jesus. O ouro significa a realeza; era um presente dados aos reis. O incenso significa a divindade, um presente dado aos sacerdotes. Sua fumaça simboliza as orações que sobem ao céu. Dando este presente a Jesus, os magos reconhecem que o Menino é divino. E a mirra simboliza o sofrimento e a eternidade. É um presente profético: anuncia que Jesus vai sofrer, mas também que seu reinado será eterno.
São José
É o pai adotivo de Jesus, o homem que o assumiu como filho, que lhe deu um nome, um lar, que ensinou a Jesus uma profissão: a de carpinteiro. São José deu ao Menino Jesus a experiência de ser filho de um pai terreno.
Maria
É a Mãe do Menino Jesus, a escolhida para ser a mãe do Salvador. É aquela que disse ‘sim’ à vontade de Deus, e por ela a humanidade recebeu Jesus.
Menino Jesus
É o Filho de Deus que Se fez homem, para dar sua vida pela humanidade. “Sendo ele de condição divina, não Se prevaleceu de Sua igualdade com Deus, mas aniquilou-Se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-Se aos homens” (Filipenses 2, 6-7).

Evangelho e homilia diária com padre José Raimundo

Jutay Reboucas     00:48     No comments


Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 1,5-25 5

 Nos dias de Herodes, rei da Judéia,
vivia um sacerdote chamado Zacarias,
do grupo de Abia.
Sua esposa era descendente de Aarão e chamava-se Isabel.
6 Ambos era justos diante de Deus
e obedeciam fielmente
a todos os mandamentos e ordens do Senhor.
7 Nóo tinham filhos, porque Isabel era estéril,
e os dois já eram de idade avançada.
8 Em certa ocasião, Zacarias estava exercendo
as funções sacerdotais no Templo,
pois era a vez do seu grupo.
9 Conforme o costume dos sacerdotes,
ele foi sorteado para entrar no Santuário,
e fazer a oferta do incenso.
10 Toda a assembléia do povo
estava do lado de fora rezando,
enquanto o incenso estava sendo oferecido.
11 Então apareceu-lhe o anjo do Senhor,
de pé, à direita do altar do incenso.
12 Ao vê-lo, Zacarias ficou perturbado
e o temor apoderou-se dele.
13 Mas o anjo disse:
'Não tenhas medo, Zacarias, porque Deus ouviu tua súplica.
Tua esposa, Isabel, vai ter um filho,
e tu lhe darás o nome de João.
14 Tu ficarás alegre e feliz,
e muita gente se alegrará com o nascimento do menino,
15 porque ele vai ser grande diante do Senhor.
Não beberá vinho nem bebida fermentada
e, desde o ventre materno,
ficará repleto do Espírito Santo.
16 Ele reconduzirá muitos do povo de Israel
ao Senhor seu Deus.
17 E há de caminhar à frente deles,
com o espírito e o poder de Elias,
a fim de converter os corações dos pais aos filhos,
e os rebeldes à sabedoria dos justos,
preparando para o Senhor um povo bem disposto.'
18 Então Zacarias perguntou ao anjo:
'Como terei certeza disto?
Sou velho e minha mulher é de idade avançada.'
19 O anjo respondeu-lhe:
'Eu sou Gabriel. Estou sempre na presença de Deus,
e fui enviado para dar-te esta boa notícia.
20 Eis que ficarás mudo e não poderás falar,
até ao dia em que essas coisas acontecerem,
porque tu não acreditaste nas minhas palavras,
que hão de se cumprir no tempo certo.'
21 O povo estava esperando Zacarias,
e admirava-se com a sua demora no Santuário.
22 Quando saiu, não podia falar-lhes.
E compreenderam que ele tinha tido uma visão no Santuário.
Zacarias falava com sinais e continuava mudo.
23 Depois que terminou seus dias de serviço no Santuário,
Zacarias voltou para casa.
24 Algum tempo depois, sua esposa Isabel ficou grávida,
e escondeu-se durante cinco meses.
25 Ela dizia: 'Eis o que o Senhor fez por mim,
nos dias em que ele se dignou
tirar-me da humilhação pública!'
Palavra da Salvação.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

O QUE A IGREJA ENSINA SOBRE A MEDITAÇÃO?

Jutay Reboucas     11:12     No comments

M.20 MEDITAÇÃO
§2707 Os métodos de meditação são tão diversos quanto os mestres espirituais. Um cristão deve querer meditar regularmente. Caso contrario, assemelha-se aos três primeiros terrenos da parábola do semeador. Mas um método é apenas um guia; o importante é avançar, com o Espírito Santo, pelo único caminho da oração: Jesus Cristo.

M.20.1 Fins da meditação
§2723 A meditação é uma busca orante que põe em ação o pensamento, a imaginação, a emoção, o desejo. Tem por finalidade a apropriação crente do assunto meditado, confrontado com a realidade de nossa vida.

M.20.2 Frutos da meditação
§2706 Meditando no que lê, o leitor se apropria do conteúdo lido, confrontando-o consigo mesmo. Neste particular, outro livro está aberto: o da vida. Passamos dos pensamentos à realidade. Conduzidos pela humildade e pela fé, descobrimos os movimentos que agitam o coração e podemos discerni-los. Trata-se de fazer a verdade para se chegar à luz: "Senhor, que queres que eu faça?"
§2708 A meditação mobiliza o pensamento, a imaginação, a emoção e o desejo. Essa mobilização é necessária para aprofundar as convicções de fé, suscitar a conversão do coração e fortificar a vontade de seguir a Cristo. A oração cristã procura meditar de preferência "os mistérios de Cristo", como na "lectio (leitura) divina" ou no Rosário. Esta forma de reflexão orante é de grande valor, mas a oração cristã deve procurar ir mais longe: ao conhecimento de amor do Senhor Jesus, à união com Ele.

M.20.3 Meditação e crescimento na compreensão d fé
§94 Graças à assistência do Espírito Santo, a compreensão tanto das realidades como das palavras do depósito da fé pode crescer na vida da Igreja:
"Pela contemplação e estudo dos que crêem, os quais as meditam em seu coração", é em especial "a pesquisa teológica que aprofunda o conhecimento da verdade revelada".
"Pela íntima compreensão que os fiéis desfrutam das coisas espirituais"; "Divina eloquia cum legente crescunt - as palavras divinas crescem com o leitor".
"Pela pregação daqueles que, com a sucessão episcopal, receberam o carisma seguro da verdade."
§95 "Fica, portanto, claro que segundo o sapientíssimo plano divino, a Sagrada Tradição, a Sagrada Escritura e o Magistério da Igreja estão de tal modo entrelaçados e unidos que um não tem consistência sem os outros, e que juntos, cada qual a seu modo, sob a ação do mesmo Espírito Santo, contribuem eficazmente para a salvação das almas."

M.20.4 Meditação uma das três maiores expressões de oração
§2699 O Senhor conduz cada pessoa pelos caminhos e na maneira que lhe agradam. Cada fiel responde ao Senhor segundo a determinação de seu coração e as expressões pessoais de sua oração. Entretanto, a tradição cristã conservou três expressões principais da vida de oração: a oração vocal, a meditação, a oração contemplativa. Uma característica fundamental lhes é comum: o recolhimento do coração. Esta vigilância em guardar a Palavra e em permanecer na presença de Deus faz dessas três expressões tempos fortes da vida de oração.

M.20.5 Métodos de meditação
§271 A onipotência divina de modo algum é arbitrária. "Em Deus o poder e a essência, a vontade e a inteligência, a sabedoria e a justiça são uma só e mesma coisa, de sorte que nada pode estar no poder divino que não possa estar na vontade justa de Deus ou em sua inteligência sábia".

M.20.6 Significação da meditação
§2705 A meditação
A meditação é sobretudo uma procura. O espírito procura compreender o porquê e o como da vida cristã, a fim de aderir e responder ao que o Senhor pede. Para tanto, é indispensável uma atenção difícil de ser disciplinada. Geralmente, utiliza-se um livro, e os cristãos dispõem de muitos: as Sagradas Escrituras, especialmente o Evangelho, as imagens sacras, os textos litúrgicos do dia ou do tempo, os escritos dos Padres espirituais, as obras de espiritualidade, o grande livro da criação e o da história, a página do "Hoje" de Deus.

M.20.7 Tempos aptos para meditação
§2186 Os cristãos que dispõem de lazer devem lembrar-se de seus irmãos que têm as mesmas necessidades e os mesmos direito mas não podem repousar por causa da pobreza e da miséria. O domingo é tradicionalmente consagrado pela piedade cristã às boas obras e aos humildes serviços de que carecem os doentes, os enfermos, os idosos. Os cristãos santificarão ainda o domingo dispensando à sua família e aos parentes o tempo e a atenção que dificilmente podem dispensar nos outros dias da semana. O domingo é um tempo de reflexão, de silêncio, de cultura e de meditação, que favorecem o crescimento da vida interior cristã.

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA 

PAROQUIA SÃO FILIPE E SÃO TIAGO REALIZA ASSEMBLÉIA PAROQUIAL DE PASTORAL

Jutay Reboucas     07:00     No comments

PAROQUIA SÃO FILIPE E SÃO TIAGO REALIZA ASSEMBLÉIA PAROQUIAL DE PASTORAL


Aconteceu neste domingo, 16 de dezembro de 2017, a Assembléia Paroquial de Pastoral da Paróquia São Filipe e São Tiago. Às 8h foi feito a oração de abertura, em seguida tivemos a palavra acolhida do Padre Valter Moura (pároco) que nos incentivou a darmos o melhor na Evangelização para que Jesus seja verdadeiramente conhecido, amado e seguido.
Em seguida passamos ao momento de avaliação da caminha pastoral no ano de 2017 com trabalhos em grupos orientado pro Jutay Rebouças (Membro do CPP), onde foram respondidas as seguintes questões:
1) Tendo em vista o tema estudado durante o ano de 2017 sobre as famílias, quais passos concretos nós demos?
2) Quais as dificuldades encontradas pelas pastorais para evangelizar as famílias?
3) Quem do Conselho já ouviu falar e sabe o que é Iniciação à Vida Cristã?

Após o plenário seguiu-se o estudo do documento 107 da CNBB: “Iniciação à Vida Cristã” conduzido por Leandro Barreto, Coordenador Paroquial da Dimensão Litúrgica.:

Iluminação – Iniciação à Vida Critã: itinerário para formar discípulos missionários – Doc 107

Barreto iniciou a sua fala fazendo uma apresentação do tema tendo como base o Documento 107 da CNBB. Falou que Itinerário = caminho, é o percurso que vamos passar, quando falamos em iniciação à vida cristã, essa palavra corresponde a uma verdade maior. Quando falamos desse assunto não estamos refletindo um assunto novo, estamos nesse caminho há algum tempo. O apelo a tomarmos o caminho de voltar nossa atenção para a Iniciação Cristã vem a partir do Concílio Vaticano II, desde lá passos tem sido dado e nós estamos caminhando com eles... Pensamos em 3 passos: o 1) RICA, que ganha força com o Estudo da CNBB sobre a 2) Iniciação Cristã (Estudo n. 97) e o 3) Itinerário Catequético. Vamos refletir à luz do documento, mas não iremos fazer um estudo dele.
Iniciação à vida cristã é algo novo? Quem inventou a iniciação foi o próprio Jesus, ela está na essência da fé cristã. Quem não se encontra com Jesus não está vivendo sua fé corretamente, por isso nosso referencial sobre o assunto é o próprio Jesus.
Jesus queria que as pessoas fizessem o encontro pessoal com Ele, um encontro transformador. Encontrar com Cristo é encontrar o Reino.
Nesse caminho de iniciação tomaremos o texto do encontro de Jesus com a Samaritana, quando lemos “era preciso passar pela Samaria”, significa que Jesus precisava se encontrar com a mulher. A sede de Jesus que o texto fala, era a sede de dar-se a encontrar com ela. Jesus não podia cobrar mais do que foi dado à samaritana, nós também não podemos fazer isso, cobrar das pessoas aquilo que elas não têm. Jesus acolhe sem colocar exigência para, Jesus simplesmente chega e se faz presença.
Diante da mulher estava alguém que ouviu sua história sem condenar, mas com ouvidos e olhar de misericórdia.
Há um período na Igreja que as pessoas eram cristãs e isto era vivido pela tradição, todos eram católicos, a criança nascia batizada, quando o bispo chegava na Paróquia crismava e quando estavam um pouco maiores faziam a eucaristia, a família transmitia a fé para os seus e assim a Igreja foi se firmando como na fé do povo. Até os dias de hoje o batismo tem muita importância na vida cristã, tanto que percebemos que os 3 Sacramentos em sua essência perderam sua mística.
Depois de termos feito uma visita ao Documento 107 à luz da Iniciação Cristã como itinerário para formar Discípulos Missionários, vemos a necessidade de traçar uma linha de ação para começar os trabalhos, ações que devemos fazer acontecer imediatamente em nossas comunidades:
ü  Romper com a ideia de uma Catequese em vista dos Sacramentos; Não existe Catequese de Primeira Comunhão, Catequese de Crisma ou Catequese de Batismo! Existe a Catequese para Crianças, Catequese para Adolescentes, Catequese para Adultos, Catequese para Casais, etc... Não existe curso: de batismo, de noivos...
ü  Distanciar a Catequese da Sala de Aula; Romper com tudo que lembre escola: matrícula, aula, professor, aluno, sala, ano, turma, série, dever de casa...
ü  Centrar a Catequese na Pessoa de Jesus; Nossa fé é Cristocêntrica; Nossa Catequese também precisa ser! Não pode ser uma Catequese apenas pra ensinar doutrinas e normas; É uma Catequese para aproximar as pessoas de Jesus!
ü  Aproximar a Catequese da Liturgia: Só existe Catequese de Inspiração Catecumenal se houver uma aproximação profunda entre Catequese e Liturgia!
ü  Ter a Páscoa como o nosso grande Referencial! A Páscoa é nosso ponto de Partida e de Chegada! Pra isso ser sentido no KAIRÓS, precisa ser vivido no CRONOS.
ü  Romper com a idéia de Celebração dos Sacramentos como conclusão da Catequese! Sacramento não é Formatura! (in relatórios diocesano)


Na sequência o padre Valter fez uma explanação da celebração dos 300 anos da paroquia no próximo anos, pediu a presença e partição de todas as comunidades. Após a oração final o padre agradeceu a presença de todos deu a benção.





A propósito de Mateus 1, 18-24. - Texto de Padre José Raimundo

Jutay Reboucas     04:54     No comments

A propósito de Mateus 1, 18-24. 

Um anjo apareceu em SONHO a José... alguém já disse que Deus não é um sonho, mas nos faz sonhar. Um salmista fez a mesma experiência. No salmo 126, 1-2, lemos: "Quando Javé mudou a sorte de Sião, parecíamos sonhar: a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua de canções". Voltar a sonhar faz parte da Espiritualidade do Advento. Acreditar nos sonhos e obedecê-los. Deus usa a linguagem do sonho. Poetas e profetas são homens de sonhos. Escutam os sonhos. Crêem no sonhos e os transmitem. Ouçamos neste Tempo de Advento um dos vates da língua portuguesa. Que os vaticínios dos poetas e profetas nos ajudem a descortinar novos horizontes não apenas para 2018 que se aproxima, mas para a partir dele.
Ouçamos Fernando Pessoa

"O sonho é ver as formas invisíveis
Da distância imprecisa, e, com sensíveis
Movimentos da esperança e da vontade,
Buscar na linha fria do horizonte
A árvore, a praia, a flor, a ave, a fonte —
Os beijos merecidos da Verdade (Horizonte )

Meditação do Evangelho com o Padre José Raimundo

Jutay Reboucas     01:44     No comments

Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.


1 18 Eis como nasceu Jesus Cristo: Maria, sua mãe, estava desposada com José. Antes de coabitarem, aconteceu que ela concebeu por virtude do Espírito Santo.
19 José, seu esposo, que era homem de bem, não querendo difamá-la, resolveu rejeitá-la secretamente.
20 Enquanto assim pensava, eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: “José, filho de Davi, não temas receber Maria por esposa, pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo.
21 Ela dará à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo de seus pecados”.
22 Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que o Senhor falou pelo profeta:
23 “Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um filho, que se chamará Emanuel, que significa: Deus conosco”.
24 Despertando, José fez como o anjo do Senhor lhe havia mandado e recebeu em sua casa sua esposa.
Palavra da Salvação.

domingo, 17 de dezembro de 2017

Homilia de hoje com o padre José Raimundo

Jutay Reboucas     17:30     No comments

sábado, 16 de dezembro de 2017

Inauguração da RÁDIO CLUBE FM 92,7 - Santo Antônio de Jesus, 15/12/17

Jutay Reboucas     03:37     No comments







Nossa Página

.

Seguidores

Total de visualizações

Blog Archive

Include demo

Master page

Master page blah blah lorem ipsum

About

.

Blogroll

Deus abençoe!

Deus abençoe!

BTemplates.com

© 2015 Diocese de Amargosa - Bahia - Brasil. Deus é Fiel! .Todos os direitos reservados. Designer by @Showja.